Cromeleque do Monte das Fontaínhas Velhas

By Karla Moura - 02:10

Em 1985, os vestígios deste cromeleque foram reconhecidos por Mário Varela Gomes, embora já fossem conhecidos desde os anos 70.

"Construídos em granito de grão grosseiro e distribuídos por uma área de c. de 16 m2 situada numa encosta sobranceira à Ribeira da Raia, de forma isolada, chegaram até aos nossos dias apenas seis monólitos oblongos de secção sub-rectangular, aparentemente reportáveis à coroa do recinto original que, tudo leva a supôr, apresentaria forma circular. Destes seis, apenas três ainda permacessem na sua eventual posição orginal, embora se considere que apenas um não se encontra "in situ.
Edificado entre os inícios do 4.º e meados do 3.º milénio a. C., este monumento megalítico reportar-se-à ao denominado "universo megalítico eborense" que, para o caso específico dos cromeleques, possuí o seu protótipo no dos Almendres, em Évora. De destacar será ainda o facto de não se terem detectado quaisquer gravuras ou "covinhas" nas faces destes monólitos. "
A. Martins
www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/73027


The Cromlech of Monte das Fontaínhas Velhas or simply Cromeleque das Fontaínhas dates from the early fourth and mid-third millennium BC. Is located in the Municipality of Mora. 
It belongs to the usual megalithic landscape of the district of Évora  and it was found in the 70's by the Geological Survey of Portugal.


Le cromlech du Monte das Fontainhas date du début du quatrième et la mi-troisième millénaire avant JC. Il se situedans la commune de Mora.  Il fait partie de l'ensemble de monuments mégalithiques de Évora et a été classé dans les années 70 par le Commité portugais  pour le patrimoine géologique.


  • Share:

You Might Also Like

0 comentários