As Casas de Romaria, onde apetece ficar

By Karla Moura - 20:25


Gostava de ter o dom da escrita como o meu grande amigo Carlos Canhoto, e assim encontrar as palavras certeiras para descrever as Casas da Romaria, o ambiente do Largo da Igreja, o caloroso sorriso da anfitriã, Rosário Mendonça. Não tenho. Faltam-me palavras para contar tudo o que queria.

Talvez as imagens consigam transmitir essa sensação de bem-estar, de alegria, de conforto que se sente nestas casas.


Comecemos pela apreciação dos hóspedes que, muito melhor do que eu, podem falar sobre este lugar.

"Uma casa que parecia de brincar. Móveis tipicamente alentejanos e decoração de muito bom gosto. Ambiente sossegado e um pequeno almoço caseiro em ambiente acolhedor. No final do pequeno almoço fomos surpreendidos pela D. Maria que nos fez uma visita guiada à Igreja e nos contou a história de Brotas. Esta senhora é de uma simpatia brutal. Recomendo e pretendo volta


                                                                                                         Paula D em TripAdisor

Esta é a primeira porta de entrada para as Casas de Romaria, onde Rosário Mendonça acolhe com simpatia e boa disposição.


 Na sala de refeições reza a história que se tomam magníficos pequenos almoços. Eu já vi os bolos que a Rosário prepara e fiquei com água na boca.

Confraria  de Cabeção




A delicadeza dos pormenores está presente em todos os cantos destas casas maravilhosas.


Cada casa é uma romaria, onde apetece ficar a sentir o tempo deslizar calmamente.


Todas as portas se abrem para o largo da Igreja de Nossa Senhora de Brotas.

 
Ideal para famílias. A garotada pode brincar lá fora em segurança.
Às refeições podem juntar-se todos à mesa e partilhar as experiências do dia.


Nos dias quentes de Estio a piscina é o lugar onde estar.
Com a aldeia aos pés e o campo ao redor.

Confraria da Água


As noites são bem dormidas e as sestas bem passadas nos lindíssimos quartos,  decorados a primor, luminosos e confortáveis.

Confraria de Setúbal



Confraria do Lavre 


Confraria das Águias




A janela debruçada sobre Brotas.


A Mini Biblioteca feita de material reciclado.


Agora que o Natal se aproxima e o Ano Novo está quase à porta, pense em passar aqui a Ceia de 24 de Dezembro.
Ou o Réveillon, à lareira.


Venha quando vier, quero crer que sairá daqui com boas memórias para a vida.










  • Share:

You Might Also Like

2 comentários

  1. Que saudades de ficar nas Casas de Romaria ... A Rosário e o Pedro Mendonça sempre excelentes anfitriões!

    ResponderEliminar